terça-feira, novembro 19, 2013

Dorama da semana: Heartless City/ Cruel City

Estão com saudades minhas? Espero que sim! Andei ocupada estes últimos meses e o pouco tempo livre que eu tive, aproveitei para ver alguns filmes e doramas em atraso, não sobrando assim tempo para vir aqui ao blog. Por outro lado, também não vi nenhuma obra assim de relevo que deu-me aquela vontade de partilhar com meio mundo e dizer maravilhas. Não sei se vocês já repararam, mas eu só escrevo sobre coisas que realmente gostei e amei, por isso não há quase nenhuma crítica negativa neste blog, coisas más já bastam eu ter gasto o meu tempo a vê-lo, não preciso assim de perder ainda mais tempo a criticar. Mas mudando de assunto, hoje venho vos falar sobre um dos melhores doramas deste ano até agora dos que eu já vi, “ Heartless City” ou “Cruel City”, conforme preferirem. Heartless City foi um drama diferente dos demais que vi, e totalmente renovador. Posso dizer que este drama tem uma das melhores fotografias, cinematografia que já vi numa série de TV, sem contar que o argumento é cheio de reviravoltas, conseguindo assim manter o nosso interesse do início ao fim. 

Vamos aos comentários? 

Bem antes de mais, eu não vou falar nada acerca da sinopse, pois tanta coisa acontece, que qualquer coisa que eu diga, será uma mega spoiler para quem quer vê-lo. Vocês ficam apenas a saber que a série é sobre o tráfico de droga, e posso dizer que nunca gostei tanto, de ver o mundo do crime ser assim tratada na TV. De um lado, temos policias e do outro lado, temos vários traficantes a lutarem pelo comando das ruas e posse das mercadorias. O que vou fazer nesta resenha é falar das personagens principais que entram na trama, vou começar por falar sobre a minha personagem preferida, Parksa.


Parksa (Jung Kyung Ho) ou “O filho do doutor” se quiserem a tradução do nome, é um homem que viveu a sua vida inteira no mundo do crime, a mãe era prostituta e morreu por overdose. Ele acaba por ser “criado” por Safari e Lee Jin Sook e se envolve no mundo do tráfico de drogas. Devido a morte de um agente de polícia, ele acaba por ser o principal alvo da polícia e também perseguido pelos seus inimigos do tráfico. Queria falar muito desta personagem mas quero evitar o máximo de spoiler. Parksa é daquelas personagem que apesar de não estar do lado da lei, consegues amar e até torcer por ele, ele tem uma presença forte, não consegues ficar indiferente a ele.


Safari (Choi Moo-sung) conheceu Parksa ainda quando este era garoto e tem um dos papéis de destaque na trama. Safari além de tentar pegar Parksa e conseguir assim livrar-se do Busan (um dos chefes do tráfico) ele era perdidamente apaixonada pela Lee Jin Sook e sentia certo ciúme em relação a Parksa. Ele também guarda um segredo que será revelado mais à frente e posso dizer que senti mais empatia por esta personagem, após o segredo ser revelado. Eu simplesmente adorei esta personagem, gostei dele logo de cara, apesar de tentar tramar o Parksa de todos as formas.


Lee Jin Sook (Kim Yoo-mi), o que posso dizer desta personagem? Ameiiiiiiiiii. A actriz Kim Yoo-mi arrasou de todos as formas neste papel. Lee Jin Sook era cafetina e tinha uma relação meia confusa com Parksa. As vezes parecia mãe, outras vezes, amante, irmã mais velha, namorada, amiga. Posso dizer que ela nutria um certo amor não correspondido pelo Parksa. Lee Jin Sook além de cafetina também se envolvia com tráfico de drogas.


Han Soo Mi (Nam Gyu-ri). Fiquei na dúvida se ia falar desta personagem, pois entre todos, ela foi a que menos brilhou. Mas resolvi falar dela, pois ela fará par romântico com Parksa (isso não é spoiler). Han Soo Mi devido alguns desenvolvimentos da trama, ela acaba por tornar-se um agente infiltrado de modo a poder descobrir a identidade do Parksa responsável pela morte da agente de policia, Para isso, ele vira prostituta e consegue se tornar a protegida da Lee Jin Sook.

 

Ji Hyeong-Min (Lee Jae Yoon) é um agente de polícia responsável pela investigação do tráfico de drogas. Não sei o que dizer desta personagem…. Além de tentar a todo o custo pegar Parksa, mais por motivos pessoais do que profissionais. Ele é também responsável pela infiltração da Han Soo Mi junto da Lee Jin Sook.



Min Hong Ki (Son Chang Min) no inicio parecia que esta personagem era secundário, mas a cada episódio, vemos que ele é o centro de TUDO. Não quero dizer muita coisa para não dar spoiler, mas deu-me vontade de estrangular este senhor. 

Há vários outros personagens que tem um papel decisivo na estória, como Scale, Hyun Soon, mas se continuar a falar de todos, esta postagem iria ficar enorme. 




Heartless City está cheio de surpresas de inicio ao fim e o mais legal é que nunca conseguimos prever as situações e a cada momento somos surpreendidos pelas novas descobertas e reviravoltas da trama. Devo confessar que num certo momento achei que o escritor estava perdido na estória e não sabia o rumo a dar as personagens até que finalmente a ficha cai e vejo, que afinal esta estória foi escrita para ter cabeça, tronco e membro. Tudo que aconteceu tinha um motivo e foi daqueles argumentos que conseguiu manter a originalidade e coesão da trama.



O mais legal em Heartless City é que não tínhamos nem maus e nem bons da fita, pois cada personagem apresentava seu lado bom mas também seu lado cruel, afinal somos todos humanos. Você consegue perceber que mesmo no mundo do crime, poderá haver lealdade e amizade e que o mal e o bem não são algo generalizados que possam estar associados apenas a um determinado tipo/grupo de pessoas. 
 
Hertless City tem um ambiente sombrio, um clima de noir que agradará muitos e um daqueles suspenses que ficamos a gritar com a tela, parecendo maluca. A cada final de episódio, eu ficava toda eufórica a gritar: e agora e agora mas e agora!! Posso dizer que a minha fé na TV em produzir algo realmente original e incrível voltou a nascer com Heartless City, sem contar que esta tinha uma das melhores fotografias que já vi numa série.


O final foi um pouco previsível mas tinha que ser, né? É idealista pensar num final feliz para esta estória. Devo confessar que cheguei a chorar com o último episódio. A última imagem não me deixou feliz mas sim irritada por deixar aquela dúvida na minha cabeça, será que ele.....





A banda sonora foi outro ponto positivo deste dorama. Vibrava a cada cena com Hurt e Butterfly, sem contar que as cenas de lutas eram sensacionais. Ahh esqueci de comentar…. Foi a segunda vez que vi uma cena de sexo num dorama (a primeira foi em I Need Romance). Sim, temos uma cena hot mas não muito revelador, afinal estamos a falar de doramas, mas mesmo assim deixou-me satisfeita. Ahahah sei que estou a aparecer uma depravada mas eu não sou pessoa de contentar com os selinhos dos doramas, as vezes acho até bonitinho mas grande parte das vezes me irrita. Mas felizmente Heartless City foi diferente e também inovador em vários aspectos. Mas uma coisa que me irritou, é ver a imagem da faca sempre desfocada, percebo que deve haver algum tipo de restrição para não aparecer nenhum tipo de arma branca na TV de lá.


A actuação do Kyung Ho foi uma coisa absurda de óptimo, sem contar com aqueles fatos à medida. Jesussssssssss como ele ficava sex!!!! Gostei tanto dele que agora ando a ver uma outra série com ele no elenco e a diferença das personagens é tanto que mal lembro dele como o implacável Parksa. 
Só de vê-lo já passo mal. srsrsrsr



Infelizmente o único fansub que está a traduzir este drama é fechado. Mas se quiserem realmente ver este drama sensacional podem vê-lo no dramafever ou fazer download no doramax264. Eu gostei tanto do drama, que comecei a traduzi-lo, porém estou a ver que este projecto vai ficar para depois pois estou sem tempo livre para dedicar-me à tradução.  

Para degustarem o quanto a série é boa, deixo aqui uma cena de luta com a personagem Parksa.



Frase:
"The world is a mirror, if you spit and curse, it will spit and curse back at you. If you smile, it will smile back at you."

2 comentários :

Cecília disse...

Devo dizer: SENSACIONAL DEFINE! Bom, esse drama pelo visto marcou muitas pessoas, não é verdade? Nós fomos duas dessas pessoa \o/ Gente, que drama foi esse? Que tensão...que coisa INTENSA! *O* MARAVILHOSO...nos faltam até palavras, não é verdade? hihihihih Parabéns pelo post! *o* Muito massa! :)

Maryssol disse...

Pois falta mesmo palavras para descrever este dorama. O meu mal é quando a série é tão boa e eu não consigo fazer um post à sua altura. Realmente Heartless city é um dos melhores que já vi, muito tenso de inicio ao fim e muitas surpresas. Acho que a última vez que sofri horrores para ver um dorama, foi em Bridal Mask, acho que nunca gritei tanto com o meu computador kkkkkk. Adoro doramas que mexe tanto comigo. Esse vai ficar pra história.